Imprinting – A Fonte de Paz

Video-Filme de “Criar o Mundo” – Rede internacional de pesquisa para crescer e aprender juntos.

Nos apresentamos : somos pesquisadores que compartilham as experiências feitas pelo acompanhamento de pessoas através do Trabalho Emocional e Corporal, concebido por Willi Maurer Um trabalho que aborda temas como a gravidez, o nascimento, o
imprinting, as impressões primárias e as repercussões destas sobre o indivíduo e a sociedade. Nos dedicamos à realização de conferências, workshops e apresentação do vídeo “Imprinting – A fonte da paz”.

Chama-se “Imprinting” o vínculo e o apego criado entre as mães e os bebê recém-nascidos através do contato multissensorial mútuo e sem perturbações logo nas primeiras horas após o nascimento. O imprinting é essencial para o desenvolvimento harmonioso de cada ser humano e para a sua necessidade fundamental de
pertencer. Durante gerações inteiras, a importância desse contato foi subestimada.
A medicalização da gravidez e do nascimento, a literatura especializada e certas teorias pedagógicas afastaram as mulheres de sua própria sabedoria interior.
Sinta -se livre na difusão entre conhecidos interessados no assunto, responsavelmente gratuitamente. Gostaríamos de salientar que este DVD é uma colagem amadora de videoclipes para fins de divulgação e sensibilização. Durante os últimos 10 anos, temos
melhorado continuamente o conteúdo do DVD-filme “imprinting” de acordo com as nossas pesquisas e graças aos feedback recebidos por muitos pais e pessoas ativas no campo terapêutico, social ou perinatal. Como no passado, quando nós enviamos
cerca de 4000 cópias gratuitas do DVD, propomos, em vez de um pagamento, que ajudem a aumentar a conscientização sobre o tema e, se possível, transmitir essa informação no seu ambiente aos futuros pais. O vídeo-filme “Imprinting” esta disponível para visualiação no formato “mp4”, em varias línguas (it-de-fr-pt) duração aprox. 90
min.), utilizável com telefone celular ou tablet. Escreva a creailmondo@bluewin.ch para receber o link e a senha. Ao solicitar o link e a senha, concorda em respeitar as seguintes regras: Nunca faça upload do filme “imprinting” e da senha, nas
redes sociais (ex. “Whatsapp”, “Facebook”, “Twitter” ou similar, acessíveis ao público). Sinta -se livre na difusão entre conhecidos interessados no assunto e entre profissionais de saúde, responsavelmente e gratuitamente.

Ver o TEXTO para mais informações.
Video-Film Imprinting – A Fonte da Paz no formato (formato “mp4”), para visualiação na Internet, link:
www.gefuehls-und-koerperarbeit.de/imprinting-pt/
Password / você insere a senha no creailmondo@bluewin.ch
Aqui estão os links para baixar o TEXTO do filme “Imprinting”, nas diferentes versões linguísticas:
português: www.willi-maurer.ch/PDF/DVD-pt.pdf
italiano: www.willi-maurer.ch/PDF/DVD-it.pdf
alemão: www.willi-maurer.ch/PDF/DVD-de.pdf
francês: www.willi-maurer.ch/PDF/DVD-fr.pdf
O DVD “Imprinting” ainda está disponível gratuitamente nas novas versões 2020 (it / de / fr) / pt) enviando um e-mail com o seu
endereço postal e a sua motivação para: creailmondo@bluewin.ch
A preocupante situação actual no campo do nascimento:
Nos países industrializados, o alarmismo se espalhou com falsas informações sobre os perigos
de parto. Isto levou aos seguintes casos:
Parto em casa ou em centros de nascimento aprox. 3 %
Cesariana: 33 % (até 66 % em certas regiões)
Parto hospitalar: aprox. 97 %, isto significa na maioria dos casos : parir sob o controlo, com monitoramento eletrônico fetal,
frequentemente com intervenções precoces, que levam portanto a uma experiência primária perturbada.
Isso pode ter o efeito de programar no recém-nascido a convicção, em seguida aplicada na vida:
“Os outros sabem melhor do que eu qual é a minha necessidade”
Uma utopia que se pode alcançar
Um estudo comprobado e nunca publicado:
Durante um período de 20 anos (1965-1986) entre mais de 54.000 nascimentos na Clínica Semmelweis em Viena, a percentagem
de cesarianas foi de apenas 1%, isto graças à intuição do Dr. Rockenschaub primário que delegou a assistência aos partos às
parteiras e à uma politica interna de redução do estresse (gerado por tudo que traz o parturiente de volta à racionalidade).
Uma realidade que, comparada à das clínicas na mesma região, diminuíram
a mortalidade neonatal em 1/3 e a mortalidade materna em 1/2.
Quais são os possíveis efeitos transgeracionais, causados pelas formas de dar à luz e de ser acolhido neste mundo?
Será realmente que as tendências como a (auto-)destrutiva, a depressiva, a toxicodependência e a ausência de um instinto
maternal natural são “colocadas no berço” ou seja começam a desenvolver-se desde a primeira infancia?
O Vídeo-Filme “imprinting – A Fonte da Paz” dá respostas a estas perguntas
e propõe várias possibilidades para sair da armadilha das repetições, de modo a
tornar-nos criadores e criadoras de um mundo no qual viver com alegria.